sábado, 3 de janeiro de 2009

Linus

LINUS Van Pelt é o melhor amigo de Charlie Brown e estreou ainda como bebê no mesmo ano de sua irmã Lucy.

A estréia de Linus (19-09-1952)

Seu nome aparece pela primeira vez (22-09-1952)

Linus abandona as fraldas (24-11-1952)

9 comentários:

Mayara disse...

Adoro o Linus... ele vem a ser um personagem muito sensível no futuro... o discurso dele no episódio de Natal, de 1965, me marcou para sempre... lindo *.*

(Olha, nada a ver com isso, mas quero deixar a mensagem aqui, senão vou esquecer, hehe... descobri uma coisinha interessante... o vestido xadrez de Patty foi desenhado por uma razão especial).

Vini disse...

Haha! Gosto muito do Linus! Além dele ter um nome incrível, ele se revela ser um dos melhores personagens.

Mayara, conta aí a razão. Fiquei curioso agora. XD

Mayara disse...

Hahahaha

Você sabe a história da ''garotinha ruiva''? Ela foi inspirada numa namorada de Schulz... (o nome da moça era Donna, já vi até fotos dela, ela era uma gracinha).

E ele disse que, no dia em que se conheceram, ela usava um ''lindo vestido xadrez''... e com um lacinho xadrez igual ao vestido... uma presilha com um lacinho colado (o laço veio junto com a roupa, para combinar... hehehe).

E a Patty usava vestido xadrez por isso... pode ver que, desde a primeira tirinha, ela usa o vestidinho.

Carol disse...

Me apaixonei irremediavelmente pelas tira Peanuts, foi amor à primeira tira! A culpada foi a Lucy! Eu adoro o temperamento dela, me identifico muito com ela, nossa, eu nem sei definir o significado que essa menina tem pra mim!
Na minha infância eu fui uma "menina machista" (é, isso soa estranho). Eu não gostava das meninas, só dos meninos. Eu só gostava do Cebolinha, e não da Mônica (atualmente a minha predileta é a Magali), eu gostava do Bolinha, e não da Luluzinha.
Até que a Lucy, a Susie (Calvin e Hobbes) e a Joaninha (Bichinhos de Jardim) me cativaram e me fizeram por fim reconhecer a óbvia supremacia feminina (é claro). Agora eu simplesmente me viciei. Descobri esse blog há pouco tempo (3 dias) e já li todas as tiras várias vezes. É legal constatar como o Charlie Brown cuidava da Lucy e depois passaram a ter uma relação tão áspera. E o melhor é que eles não seguem o clichê "brigam porque se amam" (até porque a Lucy gosta do pianista e o Charlie Brown da garotinha ruiva), tipo Cebolinha&Mônica.
Seu blog é muito bom e bem organizado, mas eu gostaria de dar uma sugestão. Coloca uma lista das seqüências de tiras no sidebar, tipo:
1950:
001-009
010-019
Facilita para blogueiros noobs como eu (demorei um pouquinhozinho pra entender o blog) (:
Abraços, e continue assim, trazendo Peanuts (leia-se momentos de alegria) para leitores alienados como eu.
Obs. Tenho um blog onde posto minhas tiras, se você de repente quiser dar uma olhada e acertar uma parceria, dá um toque x)

Carol disse...

Obs2. Perdão pelo comentário imenso, às vezes eu me empolgo. (:
Obs3. Assinei o feed.

Fabio Ciccone disse...

Schulz era O cara. Não tem uma tira ruim dele no mundo.

Giuseppe Menezes disse...

Ah, May! Agora fiquei curioso para encontar e tira desse natal (procurando...).
Adoro as suas descobertas! Vou adicionar essa informação sobre o vestido na página da Patty. Bjos!
----------------------
Pois é, Carol. Lucy é mesmo cativante. Que bom que gostou do blog.
O primeiro layout do blog continha essa listinha de links, mas foi dando muito trabalho e ela foi crescendo muito. Mas você pode encontrar todas em "Tiras anos 50", no menu da direita, logo abaixo de "Personagens". ;)
E a parceria já foi aceita. Parabéns pelo seu trabalho!

vs06 disse...

Linus é o melhor filósofo de Peanuts.
Pra quem tem orkut: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=8579&tid=2553143382128401837

heitor disse...

gostei da primeira